Captura de tela 2020-12-14 103241.png

A REVOLTA CONTRA A UTILIDADE: A Improdutividade em suas Diversas Facetas na Obra de Georges Bataille

Pedro Antônio Gregorio de Araújo
O presente estudo trata de colocar em análise o conceito de improdutividade teorizado pelo filósofo Georges Bataille (1897-1962), que analisa este em seus diversos campos. Neste trabalho teremos como eixos principais de conceituação da improdutividade a religião, a antropologia, a economia e a literatura. Nossa hipótese é usar o fenômeno da improdutividade como chave de leitura para a compreensão do pensamento do filósofo, e propormos demonstrar como isto se relaciona e fundamenta a ideia de liberdade afirmada pelo pensador, a saber, a crítica da ideologia da utilidade e do produtivismo, fundamento que rege o mundo capitalista. Portanto abrindo a possibilidade de um ser que dispende de forma suntuosa ao ponto de romper com as amarras ao seu redor, tornando conceitos originados da racionalidade e do mundo do trabalho nulos. Nossa metodologia é a pesquisa bibliográfica de obras de Georges Bataille, livros de autores relacionados ao seu pensamento, e também textos de comentadores de sua filosofia. Esperamos como resultado a realização de uma constelação dos conceitos bataillianos, dos pensadores que foram inspiração para sua teoria, e, por fim, trazer seu pensamento para a contemporaneidade.

190p.
ISBN – 978-65-87424-72-9
DOI: 10.36592/978-65-87424-72-9