Captura de tela 2020-12-14 103241.png

FILOSOFIA DO DIREITO: TEORIAS MODERNAS E CONTEMPORÂNEAS DA JUSTIÇA

Thadeu Weber, Jardel de Carvalho Costa (Organizadores)
Desde a Grécia antiga, pensar a justiça nunca foi uma tarefa fácil. Inúmeros foram os filósofos que se dedicaram a missão de tentar caracterizar o melhor modo de corrigir injustiças e ao mesmo tempo propiciar a vida boa. Neste afã, as mais diversas engenharias filosóficas procuraram responder perguntas historicamente complicadas como, por exemplo: o que é a equidade, o que é igualdade, o que é a liberdade, como estabelecer um equilíbrio entre igualdade e liberdade em prol do justo, entre outras questões. Mais contemporaneamente, com o nascimento das sociedades complexas, novos problemas emergiram exigindo das teorias filosóficas acerca da justiça, respostas sofisticadas voltadas para a manutenção da estabilidade social em meio a uma sociabilidade marcada pela pluralidade de concepções de bens em disputa. Sendo assim, diante da complexidade dos novos problemas que permeiam o mundo contemporâneo, a presente obra elenca alguns autores fundamentais em torno das teorias modernas e contemporâneas da justiça, no intuito de demonstrar que suas propostas teóricas possuem recursos conceituais imprescindíveis para se pensar e repensar os parâmetros em torno do justo. Nestes termos, parte-se do pressuposto de que autores como Kant, Hegel, Arendt, Rawls, Habermas, MacIntyre, Honneth, Fraser e Forst oferecem leituras importantes para se analisar mais detidamente temas envolvendo tensões entre redistribuição e reconhecimento, reinvindicações de direitos de propriedade legal versus reinvindicações de direitos com base na necessidade econômica, o papel do direito na manutenção da estabilidade social, os problemas da tolerância, entre outros temas. Diante do quadro exposto, agradecemos imensamente a todos os colaboradores e colaboradoras da presente obra e esperamos que as diversas perspectivas filosóficas aqui esboçadas em torno das teorias da justiça possam contribuir para repensarmos mais detidamente a realidade brasileira.

Uma proveitosa leitura!
246p.
ISBN – 978-65-87424-93-4
DOI: 10.36592/9786587424934