Captura de tela 2020-12-14 103241.png

MODALIDADE E PROBABILISMO: Lógica modal doxástica nos Livros III e IV do Thesaurus Indicus de Diego Avendaño

Marcus Boeira
Um dos problemas centrais do probabilismo está em discernir a contingência futura dos atos humanos em sintonia com a “interpretação correta” das regras de consciência. Mas: quais os limites que uma teoria do probabilismo em sentido forte pode apresentar para os futuros contingentes, isto é, para casos que, futuramente, possam extrapolar os limites prévios e dissolver lentamente as barreiras formais da lógica? Para ser mais claro: até onde pode ir o probabilismo e o que não é razoável praticar? Quais os critérios para definir o que é ordenado segundo a razão prática? A modalidade, aqui, passa a ser vista como uma plataforma de critérios formais rígidos, apta a entregar à teoria do juízo provável melhores critérios para definir os limites metodológicos dos atos humanos. No presente livro, Marcus Paulo Rycembel Boeira desvenda o complexo emaranhado conceitual do tema do probabilismo apresentado por Diego de Avendaño em seu Thesaurus Indicus, particularmente nos Livros III e IV, pervadindo a natureza modal doxástica do juízo provável. Procura demonstrar a subsistência de uma lógica modal nos tomos indicados, situada no background analítico soerguido pelo jurista peruano. Busca-se, nesta obra, estabelecer uma conexão entre as lógicas modal e doxástica, tendo em vista fortalecer a atenção do observador sobre o grau de necessidade que decisões com base em “certeza provável” requerem para a justificação de soluções sobre controvérsias morais e jurídicas.

p.115


ISBN – 978-65-87424-85-9
DOI: 10.36592/978-65-87424-85-9