A racionalidade ambiental, o diálogo dos saberes e o papel da universidade

Gina Vidal Marcílio Pompeu e Randal Martins Pompeu​(Orgs)

Talvez a globalização econômica e a transformação do homem em consumidor necessitem compreender a complexidade ambiental. Ao contrário do que se acreditava ante os avanços tecnológicos que dominariam a natureza e conseguiriam superar as agruras humanas, chega-se ao século XXI com a certeza de desencanto e frustração. Antigos problemas são constatados, permanecem a extrema concentração de renda, a carência alimentar, a ausência de acesso à saúde e a crise ecológica. Como forma de resistência, a Semana do Meio Ambiente da UNIFOR a cada ano renova a esperança. Em 2019, ela promoveu o seminário sobre a proibição do retrocesso ambiental, com a presença do Prof. Dr. Michel Prieur. Já em 2020, a UNIFOR aportou a temática “A construção da racionalidade ambiental, o diálogo dos saberes e o papel da Universidade”; o convidado especial para proferir a conferência de abertura foi o Prof. Dr. Enrique Leff, da Universidade Nacional Autônoma do México. Contribuíram para a densidade do debate Leff e as professoras convidadas Belinda Pereira da Cunha (UFPB), Norma Sueli Padilha (UFSC), Maria Claudia Antunes (UNIVALE) e os professores e professoras pesquisadores do grupo de pesquisa REPJAAL – Relações Econômicas, Políticas, Jurídicas e Ambientais da América Latina. A obra coletiva que ora se tem a honra de apresentar reúne as contribuições resultantes das pesquisas realizadas pelos grupos de pesquisa das universidades parceiras, defensoras do Direito Ambiental e da Sustentabilidade. Foram teorias expostas na XIII Semana do Meio Ambiente e, para sistematizar a densidade de fundamentos, a transversalidade, a atualidade e relevância dos temas, a organização da coletânea delineou 3 grupos, que reúnem 11 artigos.  Em vista de todo o exposto, restam dois convites: o primeiro dirige-se para a boa leitura dos artigos e, o segundo, repetindo com Ailton Krenak, a proposta de adiar o fim mundo, sempre contando mais uma história, experimentando o prazer de estar vivo, de dançar, de cantar e de fazer chover.

260p.

ISBN – 978-65-87424-32-3